Polícia Militar Ambiental prende pescador após ser flagrado com arma, pescado e tartaruga da Amazônia abatida

0

Um homem foi preso em flagrante pela Polícia Militar Ambiental em uma fazenda na região de Dueré, no sul do estado, após ser encontrado com animais silvestres abatidos, pescado irregular, armas e redes de pesca. Entre os bichos abatidos estava uma tartaruga da Amazônia, que está na lista de espécies em extinção. O homem recebeu quatro multas no valor total de R$ 9,8 mil.
Conforme a PM, o pescador foi encontrado após uma denúncia anônima. O suspeito estava nas margens do rio Formoso.
No local foram encontrados 51 kg de pirosca, 5 Kg de pescado, três redes de pesca com 70 metros cada uma e uma espingarda com cartuchos. Também foram localizados três animais silvestres abatidos: um jacaré, um jacu e a tartaruga.
O pescador recebeu as seguintes multas: R$ 3 mil por ter pescado o pirosca em período defeso; R$ 800 por pescar sem licença ambiental; R$ 1 mil por abater o jacaré e o jacu; e mais R$ 5 mil por abater a tartaruga da Amazônia.
O homem foi preso em flagrante por infrações ambientais e porte ilegal de arma de fogo e levado para a central de flagrante de Gurupi junto com os materiais apreendidos.
Fonte: ASCOM

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.