Criminosos explodem bomba em ponte e incendeiam transporte escolar na 12ª noite de ataques no Ceará

0

Criminosos voltaram a cometer ataques criminosos neste domingo (13) no Ceará, 12º noite seguida da onda de violência que atinge o estado desde o dia 2 de janeiro. Os bandidos explodiram uma bomba em uma ponte em Fortaleza, metralharam a sede da Guarda Municipal e incendiaram um ônibus escolar no município de Saboeiro, interior do Ceará. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, 347 pessoas foram capturadas por envolvimento nos crimes.

Entenda o que está acontecendo no Ceará

  • O governo criou a secretaria de Administração Penitenciária e iniciou uma série de ações para combater o crime dentro dos presídios.
  • O novo secretário, Mauro Albuquerque, coordenou a apreensão de celulares, drogas e armas em celas. Também disse que não reconhecia facções e que o estado iria parar de dividir presos conforme a filiação a grupos criminosos.
  • Criminosos começaram a atacar ônibus e prédios públicos e privados. As ações começaram na Região Metropolitana e se espalharam pelo interior ao longo da semana.
  • O governo pediu apoio da Força Nacional. O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou o envio de tropas; 406 agentes da Força Nacional reforçam a segurança no estado.
  • A população de Fortaleza e da Região Metropolitana sofre com interrupções no transporte público, com a falta de coleta de lixo e com o fechamento do comércio.
  • Onda de violência afastou turistas e fez a ocupação hoteleira no estado cair.

12ª noite de ataques

A ponte atacada pelos bandidos liga o Bonsucesso a outros bairros da região. De acordo com testemunhas, homens passaram em um carro e jogaram explosivos no local. Um dos artefatos explodiu. Moradores do local informaram que os telhados das residências tremeram durante a explosão.

A base da Guarda Municipal de Fortaleza, localizada na Avenida Juscelino Kubitscek, no Bairro Passaré, também foi atacada durante a noite. De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos passaram em frente ao local, atiraram e fugiram. No local funciona a inspetoria da Guarda Municipal de Fortaleza e estão guardados os veículos da Guarda e da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC).

Além dos ataques, uma granada foi encontrada na estação de metrô do São Miguel, no município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo a Polícia, o material foi encontrado no chão da estação e não chegou a detonar. O esquadrão antibombas foi acionado e usou um robô para recolher o explosivo.

Fonte: g1

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.